quarta-feira, 22 de agosto de 2012

ULTRAMARATONA 24h DOS FUZILEIROS NAVAIS NO RJ

 
Esta postagem está sendo feita com um mês de atraso portanto ainda tem muita coisa a ser
dita inclusive mais duas Ultramaratonas. A partir de hoje será uma postagem por dia até
atualizar os eventos..... Meu BLOG é pra falar principalmente do meu esporte.....
.
Foto do meu amigo Jorge Ultramaratonista
 
14 e 15.07.2012
V ULTRAMARATONA 24h DOS FUZILEIROS NAVAIS - RJ
Minha 25a. ULTRAMARATONA.....
 
Com mais de um mês de atraso retorno ao meu BLOG para narrar os fatos que marcaram
minha vida esportiva nesse período......e garanto que não parei, foi bastante movimentado.
 
Saí de Salvador às 6 da manhã do dia 13.07, rumo a mais um grande desafio: correr no
Rio de Janeiro durante 24h, participando pela segunda vez dessa ULTRAMARATONA
organizada pela CORPORE, que considero uma excelente empresa quando se trata de
organização de corridas de rua em geral. A dos FUZILEIROS NAVAIS tem um gostinho
especial, não só por ser no Rio - amo - como também por contar com esse impecável grupo
que prima sobretudo pela ordem notória em cada gesto ou em cada espaço daquele local.
.
  Clique nas fotos para melhor visualização......
 .
Eu que sou uma "fominha" de ultramaratonas - como fala meu amigo "fominha ULTRA
Jorge Cerqueira" rs rs, dessa vez estava com meu coração frio pra viajar, naquele vou não
vou que caracteriza uma indecisão sem motivo aparente. Talvez o fato de estar tão sem
treinos e despreparada e por ter consciência da grandeza do desafio que me esperava, fosse
o motivo desse meu estado. Diante das incertezas, resolvi viajar. Cheguei ao Rio na sexta,
véspera da prova e me hospedei no CEFAN, local do evento. Vale a ressalva de que, não
senti diferença dos hotéis onde costumo ficar e desse onde fiquei sem pagar um centavo.
Tudo muito bem organizado, tipo 5 estrelas mesmo. Direito a refeição porém preferi me
deslocar ao Shopping que fica perto de lá e me refestelar num delicioso sushi... adoro! rs
Às 4 da tarde já estava de volta ao CEFAN para descansar e aguardar o Congresso
Técnico às 19h quando iria rever meus amigos e colegas ultramaratonistas que também
estavam hospedados no mesmo local a não ser os residentes no Rio de Janeiro.
.
Fotinha com alguns ultracolegas depois do Congresso Técnico
 
Depois de todas as orientações por parte da organização, hora dos abraços, colocar as coisas
em dia, rever essas pessoinhas queridas que já fazem parte da nossa vida. Fiz algumas
filmagens, tirei inúmeras fotos mas aqui no BLOG não dá pra postar tudo. Já aptos a
encarar o desafio do dia seguinte, partimos a pegar nossos kits e de lá pro Jantar de Massas
que os Fuzileiros Navais nos ofereceram. Tudo dentro do próprio CEFAN.
Nessa ocasião, tive a grata surpresa de receber do meu colega e grande amigo carioca
ULTRA Jorge Cerqueira um maravilhoso presente.......
.
Minha bandana linda, presente do meu amigo carioca  
ULTRAMARATONISTA Jorge Cerqueira.
Adorei e vou estrear em Buenos Aires, pode me aguardar...rsrsrs
.
Depois de muitas fotos e festinha dos reencontros, fui pegar meu kit. Eis a parte terrível
dessa minha viagem: não  quiseram entregar meu kit porque não levei o atestado médico
de liberação para participar da prova. Claro que consta do regulamento mas como a galera
já me conhece, nunca levei pra nenhuma prova, inclusive para a deles quando participei no
ano passado. É FUZILEIROS meu amigo, aqui o babado é mais abaixo...rsrs Não fosse
meu colega e amigo ULTRAMARATONISTA ÉSIO, competente médico pernambucano,
eu teria de ir procurar o médico da prova para conseguir essa liberação...rs Apesar de saber
que não voltaria sem correr, caí no choro e deixei meus colegas todos preocupados...rsrs
Foi um corre corre de todo lado, e no final, me apareceu atestado de toda parte do Brasil...rs
Tenho vários colegas ultramaratonistas que são médicos, inclusive Secretário de Saúde.......
Senti por alguns instantes que não deveria ter ido mas logo passou esse pensamento
imbecil...rsrsrs Eu correria nem que fosse por fora da pista...rsrsrs Mas, certos eles, se
consta do regulamento é pra ser cumprido. Se liga Sandrinha!!!!!! rsrsrs No final, nem
fiquei no jantar, dormi sem comer, passou o apetite.... Fui descansar, ligar pra casa mas
não contei a eles esse epsódio pra não preocupar ninguém.
.
Fotinha com alguns colegas antes da prova. Denise, camiseta branca, nossa campeã.
.
Não dormi mas isso já faz parte. Não durmo em véspera de ultraprovas. Muita ansiedade,
fico na internet e vendo TV.  Incrível como isso não afeta nem modifica em nada meu
rendimento, sempre foi assim e não consigo fazer diferente. É a única ocasião em que tenho
insônia. Insônia?????? Mas o que é isso mesmo??? rsrs Não sou íntima desse assunto,
durmo bem e nada tira meu sono...só as ultramaratonas, né? rsrs Até nisso me são especiais.
Levantei cedinho, me arrumei e desci para a concentração. Muitas fotos para registrar mas
eu confesso que estava meio baqueada. Não me perguntem o motivo porque não saberia
responder. Algo não estava legal comigo mas eu não sabia explicar nem pra mim...
.
Antes da largada..... Eu não estava legal.....
.
Assim fui driblando aquela sensação de que algo não ia bem, de que eu não deveria ter
ido mas não deixava transparecer nada pra meus colegas. Tiramos muitas fotos, eu chorava
mas escondia por trás dos óculos pra ninguém ver. Não me entrosei tanto como das outras
vezes mas era porque eu mesmo saia fora e não entrava no clima como de costume. Gente,
uma sensação chata mesmo... logo eu, que faço acontecer nessas provas...rsrsrs Lá ele!!!! rsrs
.
Largada ..... foto do Juliano...
.
Concentração, execução do Hino Nacional pela orquestra dos Fuzileiros Navais, momento
mais emocionante não há. Só a chegada mesmo...rs Aí ninguém segura o choro e fiquei
tranquila porque não era só eu a chorona do dia... Em volta, todos muito emocionados não
seguravam as lágrimas... LARGADA ao som dos tiros de canhão e fomos..... Na foto acima,
que me foi enviada pelo meu querido amigo e colega ULTRA Juliano, eu não sabia se
começava a correr ou se limpava o "zóio"...rsrs
Aos poucos fui aquecendo e, de repente, tudo estava ultrabem. Fiz a primeira volta
fotografando meus amigos (sempre faço isso em todas as provas) depois entreguei a câmara
pro pessoal de apoio e F U I..... feliz da vida por estar no lugar que amo tanto: junto das
feras das ultramaratonas e correndo lado a lado com eles. Ali, somos todos iguais e é um
ajudando o outro. Ninguém tem na meta ser melhor que ninguém mas fazer sempre o seu
melhor sem desmerecer o colega. Eu vejo isso e sinto na pele a cada prova que participo.
.
Minha perna estava doente mas eu não... problema dela. Esse o médico.
 
Com cinco horas de prova não mais aguentava nem mover a perna. A tal da dita cuja fratura
por estresse deu o ar da graça e esse cambito doía tanto que já estava dando na pinta. Com o
Dr. Mizumoto na pista eu não podia mancar nem deixar transparecer que estava mal sob pena
de ser retirada sumariamente da prova. Eles têm cuidado excessivo conosco, é assim mesmo. 
Aguentei até minha querida amiga (amo) ULTRA Lucina Ratinho perceber e me obrigar a 
parar para um regenerativo. "Sandrinha, se vc não parar, vou falar com o Dr. Mizumoto"...
Na hora fiquei p da vida mas resolvi parar e dar uma reciclada na fisioterapia. Ali me deram
um stop de quase 6h e tive de aguardar até uma recuperação que me permitisse pelo menos
terminar a prova caminhando. Tudo bem Lu, na hora me zanguei mas você foi bacana
demais pois se eu não parasse naquela hora a gente não estaria junto correndo e fofocando lá
em Praia Grande...rsrsrsrsrsrs E como foi bom! Isso é assunto pra outra postagem...rsrs
.
Retornando à pista depois de um longo e tenebroso inverno, comecei caminhando, dei uns
trotes e assim fui até as 9 da manhã do domingo. Devagar e sempre conquistei um 4o. lugar
na minha categoria. Não deu pódium, claro, eles só premiam as tres primeiras nesse evento
mas fechei minha prova tranquila e trouxe uma medalha linda e maravilhosa para fazer parte
da minha coleção num lugar muito especial. Depois de tudo foi que percebi: deve ter sido
esse o motivo daquela sensação de mal estar desde que viajei pro Rio pra participar dessa
prova.... quem sabe né???
.
Com minha medalha, depois da MISSÃO CUMPRIDA!
.
Com o aviso sonoro do encerramento da prova, a sensação de mal estar já estava bem longe,
cendendo lugar à alegria e felicidade do dever cumprido com a força de quem não veio ao
mundo pra perder. Cumpri minha missão, não subi ao pódium pela primeira vez numa prova de
longa distância mas faz parte do nosso show. Vale dizer que não desisti e isso é pros fortes.
Nem a dor, nem o cansaço nem a sensação de que não deveria ter ido foram superiores
à minha vontade de chegar ao final com a sensação do dever cumprido. Voltei pra casa
trazendo na bagagem (aliás, no peito) rsrs o símbolo de uma vitória que me custou muita
dor mas que com certeza só serviu pra me fortalecer cada vez mais e mais....
.
Com alguns colegas depois da prova... só alegria.....
.
Linda demais! Uma prova inconteste de que a gente pode o que a gente quer.
Eu corri machucada durante 24h, aí está a prova.
.
Depois de algumas fotos com meus colegas, voltei ao quarto, banho e retorno pra casa....
Cheguei em Salvador às 9 da noite do domingo depois de viagem e conexões..... Uma vigem
bem difícil pra quem vinha de uma prova de 24h e machucada. No Aeroporto em Salvdor
peguei meu carro e rumei pra casa pro meu merecido descanso. De alma lavada porque
apesar de tudo, não da forma que previ mas dei conta do meu recado.
Pronta pra outra, com certeza!!!!
 .
Com alguns ULTRACOLEGAS..... Adoro.
.
Agradeço a DEUS, à minha família (marido, filhos/noras, irmãos, sobrinhos etc), aos
meus ULTRACOLEGAS (imprescindíveis), aos meus amigos e à minha perseverança.
Sem a força de vocês, sem esse incentivo que recebo a cada instante, seria impossível
conseguir. Foi difícil mas taí. Mais uma ULTRAMARATONA DE 24h no meu currículo.
A 25a foi sofrida mas valeu cada dorzinha. Que dorzinha???? Nem me lembro mais.....rsrs
FELIZ DA VIDA!!
.
.
Que Deus abençoe a todos e agradeço a cada palavra, mensagem, telefonema que recebi.
Graças a Deus saí vitoriosa desse desafio e PARABÉNS à CORPORE e aos FUZILEIROS
NAVAIS pela organização e pela forma carinhosa como recebe seus atletas.
Até 2013, se DEUS me permitir!!!!
.
Pra quem tem facebook, abaixo as fotos desse evento, só clicar e fazer seu login. Pra
quem ainda não tem, hora de se cadastrar...rs

FOTOS AQUI, SÓ CLICAR
 
Beijos carinhosos e ultraabraços ,
 

5 comentários:

DricaPeixoto disse...

Que 2013 chegue rapidinho, para nos rencontrarmos nas 24h do RJ.

Beijo gigante, foi muito bom festejar e correr com vc mais uma vez.

Drica e Sergio
http://correndonaviagem.blogspot.com.br/

Corridas e Maratonas disse...

Querida, q luxo de conhecer! Um brilhante relato, é ultra na veia!Superação total! Finalizá-la, esta é a nossa meta!
Parabéns, querida! Desejo poder em 2013 estar ai c vcs, nesta festa!

beijao! Pri

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
--ooO--(_)--Ooo--
Uffaaaaaa Sandrinha até que enfim atualizou o blog, já estava com saudades do seu cantinho aqui...Foi por isso que estranhei algo em vc, quando a Lucina me falou no jantar que vc não ia correr por causa que tinha esquecido o atestado eu fiquei triste e na parte da manhã, quando vi vc na pista percebi logo que algum amigo tinha lhe ajudado, ainda bem né...Agora ve se na próxima não esquece do Atestado viu baiana...hehehe...Eu tambem senti dor no tornozelo e quase desisti, mas fiz que nem vc busquei lá no fundo um pouco de força que tinha lá no fundo e me superei e continuei na prova...Mesmo que desta vez nào deu pódio não abaixe a cabeça, siga em frente de cabeça erguida, lutando e superando que com certeza na próxima vc subirá...Meus parabéns...
Gostei de saber que vc gostou da Bandana e com certeza vai estrear muito bem em Buenos Aires, desde já desejo boa sorte.

Um Ultra abraço amiga Sandrinha,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Dart Araújo disse...

Sandrinha querida Parabéns!!!!!

Você sempre nos dando orgulho. Adoro te ver participando dos eventos. Principalmente quando a encontro!! Você nos contagia.

Um beijão

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Sandrinha
Parabéns pela superação.
Lindo presente do inigualável Jorge Cerqueira.
Abraços